PLANTÃO DE NOTÍCIA
Search

Andrés confirma déficit de R$ 100 mi no Corinthians, mas pede calma

Andrés Sanchez


 Financeiramente, o momento do Corinthians não é dos melhores. Além do problema com a Caixa Econômica Federal pelo empréstimo para a construção de sua arena, o clube está com um déficit de R$ 100 milhões nesta temporada. O planejamento orçamentário do Alvinegro é encerrar o ano com um superávit de R$ 650 mil.

Questionado sobre o tema durante a entrevista coletiva na manhã desta sexta, Andrés Sanchez - presidente do Corinthians - admitiu o déficit milionário, mas também pediu calma. Afinal, os valores de direitos de transmissão dos jogos serão a pagos apenas no fim do ano. A quantia paga pelas emissoras representam grande parte da renda do clube na temporada.

- É verdade. São R$ 100 milhões de déficit, mas calma porque o que vale é o ano todo - limitou-se a dizer o cartola.


De fato o Corinthians ainda tem dinheiro para receber e deve abater parte deste valor. Afinal, além do pagamento das cotas de televisão, o clube ainda deve vender um ou outro jogador ao fim da temporada. Outra fonte de renda são as premiações por objetivos alcançados. Somando Copa do Brasil, Paulistão e Sul-Americana, o clube já faturou mais de R$ 20 milhões em 2019. Apesar disso, a tendência é de que o Alvinegro feche o ano no vermelho.

Vale lembrar que o Corinthians fez mais de dez contratações nesta temporada, investiu no time sub-23, que acabou sendo uma decepção, e também na equipe feminina. Outro fator de peso que não ajuda a fechar a conta do Timão é a dívida pela arena. Isto porque, todo o dinheiro arrecadado com bilheteria em Itaquera fica retido no fundo de pagamento do empréstimo com a Caixa Econômica Federal. 


TAG

0 Você está em: “Andrés confirma déficit de R$ 100 mi no Corinthians, mas pede calma