PLANTÃO DE NOTÍCIA
Search

Professor leva cadeirada na cabeça de aluno dentro de sala de aula em SP

Um professor de Química foi agredido por um aluno dentro da sala de aula na Escola Estadual Milton Borges Ypiranga, no bairro Vila Zilda, em Guarujá, no litoral de São Paulo. A confusão aconteceu após uma discussão entre o docente e outros estudantes da classe, que teriam se desentendido por um motivo ainda não esclarecido.
A situação aconteceu na quarta-feira (23). De acordo com a Polícia Civil, em depoimento, o aluno, de 18 anos, afirmou que o professor, de 51, entrou alterado na classe e se desentendeu com os estudantes logo após o início da aula.
Ainda segundo o relato às autoridades, durante a discussão, o jovem se exaltou e partiu para cima do professor, que revidou lhe dando um ‘pisão’ e uma cuspida no rosto. Nervoso, o estudante se descontrolou e jogou uma das cadeiras usadas na sala na cabeça do docente.
O depoimento do jovem, segundo o delegado do 1º Distrito Policial da cidade, Estevam Gabriel Urso, foi desmentido pelo professor. “Ele alegou que apenas chamou a atenção da classe, e sem motivos o aluno jogou a cadeira”.
O docente sofreu um corte na cabeça e precisou ser levado ao Pronto Socorro da Vila Edna, onde tomou pontos no ferimento. Ele e o jovem foram levados ao 1º DP, onde prestaram depoimento. O estudante assinou um termo circunstanciado e foi liberado em seguida. Ele responderá por lesão corporal dolosa.
“Uma cópia do termo foi encaminhada ao Fórum, onde acontecerá a audiência nos próximos dias, e outra para a diretoria da escola”, explica Urso. Já o professor, após o depoimento, foi ao Instituto Médico Legal (IML), onde fez exame de corpo de delito.
Alunos da unidade, que não quiseram se identificar, afirmaram que, logo após a confusão, os outros professores da escola, em protesto, se recusaram a entrar nas salas de aula, e por isso os estudantes acabaram liberados antes do horário habitual.
De acordo com a Diretoria Regional de Ensino de Santos, todo o apoio está sendo dado ao docente, que está afastado de suas atividades, e que o aluno é maior de idade e responderá pelos atos, conforme legislação vigente.

Violência nas escolas

Este é o segundo caso de violência em escolas de Guarujá nesta semana. Na terça-feira (22), um aluno teria ateado fogo a uma mesa em uma sala de aula da Escola Estadual Professor Lucas Nogueira Garcez, no Balneário Praia de Pernambuco.
Entre os estudantes, a informação é de que o fogo atingiu a cortina da sala, enquanto um aluno tentava acender um cigarro de maconha. O caso foi registrado na Polícia Civil, que apura as causas do fogo dentro da classe.



0 Você estar em: “Professor leva cadeirada na cabeça de aluno dentro de sala de aula em SP