PLANTÃO DE NOTÍCIA
Search

Arquiteto da Arena Corinthians cobra dívida de R$ 11,1 milhões na Justiça




Anibal Coutinho, arquiteto responsável pelo projeto da Arena Corinthians, recorreu à Justiça para cobrar do clube uma dívida de R$ 11,1 milhões, informa a Folha de S.Paulo em sua edição desta segunda-feira. O profissional ainda não recebeu o valor total do contrato feito com a Odebrecht, construtora que finalizou a obra. Mas o que o Alvinegro tem a ver com isso, então?
Ainda na gestão de Mário Gobbi, o clube emprestou dinheiro de Coutinho no início de 2015 para quitar salários atrasados, 13º e férias dos jogadores. A responsabilidade de pagar o arquiteto contratado pelo Timão era da Odebrecht. Só que o profissional passou a ter alguns problemas com a construtora por não ver o projeto finalizado como queria e ficou receoso em não receber.
Ele, portanto, topou fazer um empréstimo de R$ 7 milhões, com juros de 0,8% ao mês mais uma correção monetária pelo IGPM. No acordo do Corinthians com Coutinho, o valor teria de ser pago até 27 de julho do ano passado. Como não foi, o arquiteto recorreu à Justiça para tentar receber o valor atualizado e corrigido também com multa por atraso. Por isso os R$ 11,1 milhões.
Ainda segundo a reportagem da Folha de S.Paulo, o departamento jurídico do Corinthians não quis falar sobre o assunto, alegando que ainda não foi citado.
– Somos e sempre fomos sensíveis e compreensivos com a difícil situação vivida pelo clube, que tem e teve todo o nosso respeito e atenção. Mas também partilhamos do mesmo momento de dificuldade – comunicou o escritório Coutinho Diegues Cordeiro Arquitetos


TAG

0 Você estar em: “Arquiteto da Arena Corinthians cobra dívida de R$ 11,1 milhões na Justiça