PLANTÃO DE NOTÍCIA
Search

CBF pediu ajuda à Fifa contra Lusa e para conseguir respeito ao STJD


Quando começaram a surgir as primeiras ações de torcedores da Portuguesa visando anular a decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva que rebaixou o clube, a CBF divulgou carta da Fifa avisando sobre punições a clubes que entram na Justiça Comum. Essa, porém, não foi a única correspondência entre as entidades: a CBF também pediu ajuda a Fifa com uma postura mais forte para coibir as ações.
Em uma carta em inglês, enviada ao departamento jurídico da Fifa em resposta a uma carta anterior do dia 16 de janeiro, e assinada pelo diretor jurídico da CBF, Carlos Eugênio Lopes, há o pedido para que a entidade máxima do futebol faça pelo menos uma reprimenda aos clubes que entram ou ameaçam entrar, mesmo que através de torcedores, na Justiça Comum (a tradução foi simplificada para facilitar a compreensão).
"(A CBF) pensa que uma reprimenda formal da Fifa nestes clubes (que entram na Justiça Comum, ou ameaçam) pode ser eficiente em uma escala bastante ampla, já que, pelo estatuto da Fifa (Art. 68), essas associações não podem se beneficiar dessas medidas, sob pena de sofrer punições severas" diz o documento.
O pedido não para por aí: a entidade que comanda o futebol brasileiro admite a alta quantidade de processos contestando decisões da Justiça Desportiva no país, e diz que uma postura mais enérgica por parte da Fifa  traria mais respeito dos clubes às decisões do STJD.
"Por isso, a adoção de medidas enérgicas pela Fifa seria extremamente importante, não só para garantir obediência ao seus estatutos, mas também para conseguir o respeito dos clubes pelas decisões do STJD, que têm sido alvo de inumeráveis processos movidos nos tribunais brasileiros da Justiça Comum".
No final da carta, além de se colocar à disposição da Fifa para quaisquer solicitações relacionadas ao caso, a CBF, mais uma vez, dá a entender que conta com o auxílio da entidade internacional.
"Agradecemos por vossa atenção a esse assunto, no qual contamos com a sua pronta e valiosa colaboração", despede-se.



0 Você estar em: “CBF pediu ajuda à Fifa contra Lusa e para conseguir respeito ao STJD