PLANTÃO DE NOTÍCIA
Search

Professores do estado votam indicativo de greve dia 12

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Rio Grande do Norte (Sinte/RN) informa que na próxima segunda-feira, 12, haverá um indicativo de greve devido as reivindicações não cumpridas pelo governo do estado.
Segundo o Coordenador-geral Regional do Sinte/RN em Mossoró, Rômulo Arnauld este indicativo de greve em função de uma série de descumprimentos de compromissos e promessas por parte do governo estadual, até de descumprimento de ordem judicial, além do desrespeito a Lei do piso salarial e a não implementação do plano de carreira dos funcionários de escola.

De acordo com o coordenador-geral, no início do ano letivo o governo apresentou uma série de medidas que estaria implementando para a categoria sem negociar com o sindicato. ‘Na verdade não foi negociação, o governo não chegou a negociar com o sindicato simplesmente anunciou essas medidas. Entre elas pagaria uma letra, que é a progressão de 5% para todos os professores que estavam em sala de aula, na ativa, aliás, e até o momento o governo não pagou esta letra’.

Entre as pautas reivindicadas pelo Sinte, existem ainda reivindicações do governo passado que não foram cumpridas como a reformulação do plano de carreira do magistério, que está aprovada desde 2006. ‘No final de 2010, nós chegamos a trabalhar com o governo. O governo ficou de mandar para a Assembleia Legislativa, veio o novo governo e ele disse que precisaria de novos ajustes e iria nomear, foi nomeada essa comissão, mas nunca se reuniu e a lei nunca avançou e está lá no gabinete civil e não chegou a Assembleia’.
Rômulo Arnaud diz que no mês de maio o sindicato entrou com uma tutela antecipada para que o governo pagasse as horas extras dos professores, que vem se arrastando desde 2008. Segundo o coordenador, o Desembargador do Tribunal de Justiça Cláudio Santos deu ganho de causa ao sindicato, mas de acordo com Rômulo, o governo vem descumprindo esta determinação judicial.

‘Isso é muito grave. Imagine um cidadão desrespeitando uma decisão de um juiz, de um desembargador, vai preso até a polícia se não seguir a determinação. O governo perdeu o prazo para cassar a liminar e entrou com um recurso perdendo e o governo simplesmente desobedece’.

O indicativo de greve está marcado para o próximo dia 12, em Natal, na escola Winston Churcill, às 8h30, e no dia 14 em Mossoró na sede do sindicato sendo deflagrada a greve, segundo Rômulo é só para ratificar.


TAG

0 Você estar em: “Professores do estado votam indicativo de greve dia 12