PLANTÃO DE NOTÍCIA
Search

Prestes a entrar em colapso, Pau dos Ferros pleiteia água da Barragem de Santa Cruz

O prefeito de Pau dos Ferros, Fabrício Torquato, elegeu a questão do abastecimento da cidade de 27 mil habitantes como prioridade absoluta de seu primeiro ano de governo. A meta é iniciar nos próximos meses a adutora expressa da Barragem de Santa Cruz, em Apodi.

A cidade está prestes a entrar em colapso no abastecimento devido ao fato da barragem que abastece a cidade está com menos de 13% de sua capacidade total de abastecimento. A Barragem que abastece Pau dos Ferros, São Francisco do Oeste, Rafael Fernandes, e agora Luis Gomes, através de sistema adutor, armazena 56 milhões metros cúbicos de água.


“Os técnicos estão otimistas de que temos água até dezembro, mas isto é uma coisa que não podemos contar. A barragem está com pouca água”, diz o prefeito Fabrício Torquato, lembrando que conversou com a governadora Rosalba Ciarlini sobre a adutora expressa.

Ainda conforme Fabrício Torquato, a governadora Rosalba Ciarlini disse que o projeto da Adutora Expressa está sendo feito na Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMAHR), que tem a frente o ex-prefeito de Pau dos Ferros, Leonardo Rêgo.

A adutora expressa já estava prevista no projeto original do Sistema Adutor do Alto Oeste. Em sua primeira fase, o sistema adutor do Alto Oeste prevê dois ramais: um saindo da Barragem de Santa Cruz e outro da Barragem de Pau dos Ferros, num investimento de R$ 150 milhões.

Na segunda etapa, em Pau dos Ferros, a adutora está em fase de testes. Já na primeira etapa, os trabalhos continuam para chegar água a Umarizal, Lucrécia, Martins, Riacho da Cruz, Itaú, entre outras cidades, sendo abastecidas com água de Santa Cruz.

A idéia do Estado é após concluir as duas ramificações, iniciar as obras da adutora expressa, puxando água da Barragem de Santa Cruz direto para o sistema do Alto Oeste, com conexão em Pau dos Ferros, garantindo assim o abastecimento da região mesmo anos secos.

O prefeito Fabrício Torquato destaca que trabalha com a hipótese de começar as obras da adutora expressa ainda no primeiro semestre de 2013. “É uma obra que requer urgência absoluta, em função principalmente da seca que se configura este ano”, explica.


TAG

0 Você estar em: “Prestes a entrar em colapso, Pau dos Ferros pleiteia água da Barragem de Santa Cruz