PLANTÃO DE NOTÍCIA
Search

Prefeitos do Alto Oeste definem ações para atenuar os efeitos da estiagem no RN

A primeira reunião ordinária da Associação dos Municípios do Oeste do Rio Grande do Norte (AMORN) aconteceu na manhã deste sábado, dia 23, no Auditório do Sindicato dos Trabalhadores da Lavoura, na cidade de Apodi.

A presidente da AMORN, prefeita Cláudia Regina, liderou os trabalhos de elaboração da Carta de Enfrentamento à Seca - Apodi, contendo os pontos norteadores de trabalho para o combate às problemáticas da seca. Na pauta, cada um dos 20 prefeitos filiados à Associação apresentou as principais necessidades dos municípios para o enfretamento à seca.

As demandas foram divididas de acordo com a competência de cada uma das instâncias para as quais a Carta será encaminhada. Ficou decidido que o Governo do Estado será procurado de imediato, a atitude será estendida ao Governo Federal.

O deputado estadual Getúlio Rêgo Getúlio destacou a importância dos municípios se articularem junto à bancada federal. “É hora da união da classe política a fim de não perdermos esta oportunidade em que o Rio Grande do Norte tem tanta visibilidade no cenário nacional”, disse ele, destacando a importância de se conseguir liberação de recursos do Governo Federal.

O anfitrião do encontro, Flaviano Monteiro, prefeito de Apodi, elencou as potencialidades dos municípios que compõem a AMORN. “Para avançarmos dentro de um modelo coletivo, precisamos dar as mãos e avançarmos enquanto região. Nossas demandas são coletivas, como, por exemplo, o Aeroporto de Mossoró, que beneficiará a toda nossa região, e ainda questões como fortalecimento do turismo e infraestrutura com abertura de novas e melhoria das nossas estradas”, pontuou o prefeito.

A primeira reunião ordinária da mesa diretora da Amorn foi prestigiada por lideranças da região e ainda pelo representante do Comitê das Ações de Combate à Seca, Gilberto Jales; o deputado Federal Fábio Faria; Francisco Edilson Neto, presidente do Sindicato da Lavoura de Apodi; Abraão Júnior, representando o Ministério da Pesca; o vice-presidente da Federação das Câmaras Municipais do RN (FECAM), João Evangelista, vereador de Apodi.
Apoio

Durante a reunião, a presidente da Associação, prefeita Cláudia Regina, manteve-se em contato com o deputado federal Henrique Alves (PMDB), presidente da Câmara, que assegurou, de imediato, algumas ações.

Entre elas, Henrique Alves garantiu a utilização dos aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) para o traslado do milho que será distribuído entre o homem do campo vitimado com os efeitos da seca no Rio Grande do Norte.

O deputado federal repassou ainda à prefeita Cláudia Regina que irá articular com a presidenta Dilma Russeff que sobrevoe a região do semiárido potiguar durante sua visita prevista para a segunda quinzena de abril com intuito de dimensionar os efeitos negativos da estiagem.

Novos filiados

Prefeitos de 16 municípios assinaram a ficha de filiação na entidade ao final da reunião deste sábado. Foram filiados os prefeitos dos seguintes municípios:

Apodi, Pau dos Ferros, Patu, Olho D’água dos Borges, Tabuleiro Grande, Upanema, Martins, Governador Dix-sept Rosado, Felipe Guerra, Baraúna, Grossos, Portalegre, Venha-Ver, Umarizal, Francisco Dantas e Itaú. Já haviam se filiado, após a posse da nova mesa diretora, os municípios de Mossoró, Major Sales, Riacho da Cruz e Riacho de Santana.

A presidente da associação, prefeita Cláudia Regina, disse que, somente através da união dos municípios é que a associação pode buscar ações efetivas para melhoria da região Oeste. “Vamos juntar forças para buscar os melhores caminhos para resolução de problemas como o da Seca, que tanto aflige as famílias do semiárido”, disse.
De Fato


TAG

0 Você estar em: “Prefeitos do Alto Oeste definem ações para atenuar os efeitos da estiagem no RN