PLANTÃO DE NOTÍCIA
Search

Assembleia aprova matéria que permite realização do primeiro concurso público de sua história

Os deputados aprovaram hoje (27) dois projetos que dão condições para que seja realizado o primeiro concurso público em 167 anos da história da Casa. Os projetos 016 e 017/2012 tratam, respectivamente, da organização administrativa e do quadro de pessoal, plano de carreira e atribuições dos servidores da Assembleia Legislativa e vão permitir a abertura de concurso para o provimento de cargos efetivos.
A partir desta aprovação, a Casa já pode contratar a banca que fará a seleção. Por determinação do presidente Ricardo Motta, será contratada uma empresa de credibilidade e experiência nesse tipo de concurso, estando entre as opções a Fundação Getúlio Vargas e Cesp/UNB. O salário inicial para nível médio é de R$ 2.175,00 e para o nível superior é de R$ 5.478,00. A maior remuneração chega a R$ 13.794,00.
O concurso vai oferecer vagas para médico, dentista, jornalista engenheiro, arquiteto, contabilista, psicólogo e para profissionais de informática.

Projetos
            O projeto de resolução 016/2012, que trata da organização administrativa, descreve todos os órgãos, setores e suas atribuições, incluindo desde o plenário, até os mais recentes projetos executados pela Casa, como o Instituto do Legislativo Potiguar (IL), o Memorial do Legislativo e a Assembleia Cidadã.
Já o projeto 017, que trata do quadro de pessoal, traz a classificação dos cargos e das classes em todos os níveis de servidores da Casa. Os cargos de provimento efetivo dividem-se em quatro grupos: Assistente Legislativo (ASL), para atividades de nível fundamental; Técnico Legislativo (TEL), de escolaridade média e habilitação profissional específica; Analista Legislativo (ALE), de atividades técnicas que exijam nível superior e o grupo de assessoria institucional (ASI), também de nível superior.


TAG

0 Você estar em: “Assembleia aprova matéria que permite realização do primeiro concurso público de sua história