PLANTÃO DE NOTÍCIA
Search

Surge um novo Sistema na rede mundial de computadores para ajudar a Polícia na caça aos foragidos da lei

O Banco Nacional de Mandados de Prisão (BNMP), foi disponibilizado na Internet assegurado o direito de acesso às informações a qualquer pessoa, independentemente de prévio cadastramento ou demonstração de interesse. O Conselho Nacional de Justiça cabe a manutenção e disponibilização do sistema.
Os mandados de prisão expedidos pelos magistrados serão encaminhados aos Tribunais de Justiça do respectivo estado, e o Tribunal por sua vez fará o encaminhamento para o Banco Nacional de Mandados de Prisão através do serviço de WebService, de acordo com a documentação de caráter restrito, que somente os servidores do setor de Informática do Tribunal poderão ter acesso, haja vista o conteúdo técnico.
Atualmente o sistema já contabiliza em seus registros 155.556 (cento e cinqüenta e cinco mil, quinhentos e cinqüenta e seis) mandados de prisão aguardando cumprimento, e esse número aumenta diariamente na medida que novos mandados são inseridos.
É mais uma ferramenta poderosa no combate ao crime, que não só os operadores de segurança pública, mas a população em geral também dispõe.
O sistema é de fácil operação, qualquer pessoa, mesmo quem não tem muita afinidade com o mundo virtual, poderá acessar o sistema sem problemas. Uma simples consulta através do endereço: www.cnj.jus.br/bnmp, será possível verificar se uma pessoa tem mandado de prisão em qualquer parte do país.
De repente aparece um vizinho novo em nosso bairro, em nossa rua, e ninguém sabe nada a respeito do mesmo, e se de alguma maneira alguém conseguir o nome completo daquele vizinho, só é acessar o sistema e conferir, caso conste mandado de prisão é só ligar para o 190 e informar, não é necessário se identificar, porque a polícia irá ao local e fará o resto. Até mesmo empresários, do pequeno ao grande, podem e devem consultar no sistema o nome de novos candidatos ao emprego e caso conste mandado, faz o mesmo procedimento.
Aos colegas Policiais que ainda não tinham conhecimento do sistema, sejam da sede do batalhão, companhias ou destacamentos, peço que anotem e salvem o link, e durante qualquer abordagem à pessoas estranhas, mesmo que não levantem nenhuma suspeita, acessem o Banco e realizem a consulta. Serão gastos apenas alguns minutos e o resultado poderá ser grandioso, tirando mais um foragido de circulação.


Rosano Rego; Cb PM lotado no 7º BPM/RN/Nosso Paraná


TAG

0 Você estar em: “ Surge um novo Sistema na rede mundial de computadores para ajudar a Polícia na caça aos foragidos da lei