PLANTÃO DE NOTÍCIA
Search

Detran constatou irregularidades em 40% das autoescolas

Quase 40% das autoescolas que funcionam no Rio Grande do Norte foram advertidas pela Controladoria Regional de Trânsito (CRT) do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN) do Rio Grande do Norte. Uma das infrações mais comuns, detectadas ao longo deste ano, foi a ausência de alunos nas salas de aula. Apenas 11% foram suspensas ou cassadas. Esse era um dos ramos de atuação da quadrilha que foi presa acusada de vender carteiras de habilitação no estado. 
Os dados foram divulgados ontem pelo Detran do RN. Na atividade de fiscalização dos Centros de Formação de Condutores (CFCs), que são as chamadas autoescolas, foram constatadas irregularidades em 31 dos 86 estabelecimentos que funcionam em território potiguar. Dessas, apenas seis tiveram seus direitos suspensos por um prazo de 30 dias e três tiveram seus direitos cassados. Conforme destacou o diretor-geral do Detran, Willy Saldanha, a irregularidade mais comum foi a ausência dos alunos na sala de aula (uma das quatro etapas necessárias para a aquisição da carteira de habilitação). 
Conforme a investigação feita pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) do Ministério Público Estadual do RN, o candidato poderia pular todas as etapas obrigatórias para quem pleiteia conseguir a carteira de habilitação, pagando valores que variavam entre R$ 250,00, até R$ 4 mil. A quadrilha possuía até uma espécie de tabela com os valores dos “serviços” que eram oferecidos. Aulas para o psicoteste, que avalia se o interessado tem condições psicológicas, custavam R$ 200,00. Caso quisesse aprova-ção no teste do volante, mais R$ 250,00 eram cobrados. 
Só na operação “Cangueiros”, pessoas ligadas a cinco autoescolas foram presas acusadas de fazerem parte do esquema, além de servidores do Detran e uma mulher que seria responsável pela articulação entre os CFCs e os servidores públicos envolvidos. As autoescolas Piloto, Siga, Parada Obrigatória e Pitéu, que funcionavam em Mossoró, Assú, Alexandria e Tibau, foram alvos de cumprimentos de mandado de busca e apreensão expedidos pela Justiça. A intenção era reunir mais provas contra os integrantes da quadrilha, podendo resultar na prisão de mais pessoas, além daqueles 11. 
O diretor-geral do Detran, Willy Saldanha, lembrou durante o lançamento da Semana Nacional de Trânsito, realizado na terça-feira passada, 18, que o combate à corrupção dentro do Detran “é salvar vidas”. Willy ressaltou que a população também é responsável pela coibição de tal prática. O Código Penal Brasileiro prevê que o servidor que recebe/cobra a propina comete o crime de corrupção ativa, enquanto aquele que oferece/paga incorre no crime de corrupção passiva, ambos passíveis de serem punidos pelas suas práticas. Ele fez um apelo para que todos se unissem contra a corrupção.

Após escândalo do Detran, Rio Grande  do Norte lança campanha educativa
Menos de uma semana após o escândalo da venda de habilitações ter sido revelado pelo Ministério Público Estadual e a Polícia Rodoviária Federal, o Rio Grande do Norte realizou solenidade para dar início à Semana Nacional de Trânsito. 
O evento está direcionado para a conscientização de jovens de 18 a 25 anos, que é considerado o grupo mais vulnerável e de maior exposição ao risco de acidentes de trânsito. O Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) definiu como tema da Semana “Década Mundial de Ações para a Segurança do Trânsito - 2011/2020: Não exceda a Velocidade, preserve a vida”. 
Para celebrar a Semana, o Detran-RN preparou extensa programação, que inclui comandos e ações educativas nas ruas, escolas e bares, tendo como ponto culminante o dia 21, sexta-feira, considerado o “Dia Internacional da Paz Mundial”. Neste dia, o Detran promoverá uma “Parada pela paz e pela não violência". 
A proposta é em adesão à iniciativa da ONU-Organização das Nações Unidas, que convoca todas as pessoas, organizações e o Sistema Nacional de Trânsito para juntos celebrarem o Dia Internacional da Paz com atividades voltadas à promoção da paz.

Fonte: Defato


TAG

0 Você estar em: “Detran constatou irregularidades em 40% das autoescolas