PLANTÃO DE NOTÍCIA
Search

Assembleia da Ufersa sugere fim da greve dos professores para 17 de setembro

A greve na Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA) pode estar com os seus dias contados. Os professores se reuniram em assembleia realizada na tarde desta terça-feira, e decidiram pela continuidade do movimento, mas sugerindo o dia 17 de setembro como data para o encerramento unificado da paralisação, em todo o país. De acordo com o vice-presidente da Associação dos Docentes da Ufersa (ADUFERSA), José Torres, a universidade só vai voltar as aulas caso a maioria das outras que estão paralisadas também decidam pôr fim à paralisação.
"Queremos sair da greve junto com a maioria das outras universidades. A minha expectativa é que saia mesmo, já que fazer greve contra o congresso nacional seria pouco sensato. Vamos negociar, mas com aula", comentou.
Até o final desta semana o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino superior deve enviar uma resposta à Ufersa sobre a decisão tomada na assembleia.
Para José Torres, não se pode mais estender a paralisação, que já dura 112 dias. "Não tem mais o que conversar com o governo. Vamos falar agora com os parlamentares. Mas não podemos mais fazer isso com greve", disse.
Uma nova assembleia está marcada para a próxima semana, onde deve ser confirmado, ou não, que a greve acabou.


TAG

0 Você estar em: “Assembleia da Ufersa sugere fim da greve dos professores para 17 de setembro