PLANTÃO DE NOTÍCIA
Search

Profissionais da saúde do Estado entram em greve

Enfermeiros, técnicos de enfermagem, bioquímicos e os profissionais da saúde iniciaram greve nesta segunda-feira (02). A decisão de paralisar as atividades foi decidida desde o dia 16 de março durante uma assembleia.

O motivo principal é o não atendimento dos pedidos de reajuste salarial de 14,92 % e a demora nas reformas dos hospitais Santa Catarina, em Natal, e Rafael Fernandes, que fica no município de Mossoró.

A categoria pede também que a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) pague os plantões trabalhados entre agosto de 2010 e março de 2011, implantação de uma tabela de incentivo à qualificação profissional, incorporação de gratificações, contratação de pessoal e melhor condição de trabalho para diminuir a sobrecarga dos servidores.

De acordo com Sonia Godeiro, membro do Sindicato dos Trabalhadores de Saúde (Sindsaúde), falta também material para os hospitais públicos, tais como respirador, luvas, algodão e entre outros.

Nessa segunda-feira aconteceu um ato público que reuniu, aproximadamente, 300 trabalhadores. Godeiro disse que vão marcar uma reunião com representantes da Sesap e da Secretaria de Administração e Recursos Humanos para conversar sobre que medidas poderiam ser feitas para melhor as condições dos trabalhadores.

Godeiro afirma que o maior problema na reunião é que as duas Secretarias não apresentam um plano de melhorias. “Nós queremos que os nossos pedidos sejam atendidos, podendo ser de curto e em médio prazo”, disse.

De acordo com o Sindsaúde, o que chegou próximo a um entendimento foram os pagamentos dos plantões.O governo ficou de apresentar um calendário de pagamento em 15 dias, podendo ser pago em folha extra ainda em abril.


TAG

0 Você estar em: “Profissionais da saúde do Estado entram em greve