PLANTÃO DE NOTÍCIA
Search

Promotores de Justiça cancelam
concursos de duas cidades

 Os promotores de justiça Gilcilene da Costa de Sousa, de Santa Cruz, e Sílvio Ricardo Gonçalves de Andrade Brito, de Apodi, diante das fraudes nos concursos realizados em Severiano Melo e Martins, recomendaram, respectivamente, aos prefeitos de Coronel Ezequiel e Rodolfo Fernandes o cancelamento imediato do concurso dessas cidades, que está em andamento com previsão de provas para o próximo domingo, 18.
Gilcilene Costa explica a necessidade urgente de cancelar as provas do concurso previstas para o próximo dia 18 no município de Coronel Ezequiel. Informa que a empresa que iria aplicar as provas, Concsel Concursos e Seleção de Pessoal Ltda. EPP, está comprovadamente envolvida em fraudes nas cidades de Martins e Severiano Melo. Diante dos fatos, inclusive com prisões em flagrante, a Prefeitura foi orientada a cancelar as provas.
Já o promotor da comarca de Apodi, Sílvio Ricardo, explicou que houve um termo de ajustamento de conduta para a Prefeitura de Rodolfo Fernandes realizar concurso público para os cargos de agente de endemias, agente comunitário de saúde e de técnico de enfermagem, cujos cargos estavam sendo ocupados de forma irregular, entre outras funções. Ao todo, inscreveram-se 349 candidatos para concorrer a 12 vagas.
Porém, conforme o promotor de justiça, a empresa contratada pela prefeita Bernadete Queiroz estava comprovadamente envolvida em fraudes flagrantes nos concursos realizados nas cidades de Santa Cruz e Martins. "A Concsel não tem idoneidade para conduzir nenhum outro concurso público, inclusive o que está em andamento em Rodolfo Fernandes", explica Sílvio Ricardo.
Diante dos fatos, o promotor pede que a prefeita cancele as provas previstas para acontecer nos dias 17 e 18. Ontem mesmo, os assessores da Prefeitura entraram em contato com redações de jornais solicitando espaço para publicar o decreto assinado por Bernadete Queiroz cancelando as provas.


TAG

0 Você estar em: “