PLANTÃO DE NOTÍCIA
Search

Caern analisa água distribuída em cidades da região Alto Oeste

Juliano Freire – ACS Caern

Com um total de 105 amostras coletadas em municípios e comunidades rurais integrantes da Regional de Pau dos Ferros, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) começa nesta quarta-feira (9) a analisar o primeiro lote da água que é fornecida aos clientes da empresa na região do Alto Oeste. Nesta primeira etapa, serão 35 amostras e a quantidade se repete nas duas semanas subsequentes. "Neste tipo de trabalho, a análise vai do teor de nitrato a turbidez da água, levando diversos índices e parâmetros físicos e químicos em consideração e aferição", destaca o biólogo Ederson Williams Figueiredo Nunes, chefe do Laboratório Central da Caern.

Semestralmente, uma unidade polo da Companhia tem analisada a água distribuída à população e cada regional realizada seus próprios exames, todo mês em creches, hospitais, escolas, prédios públicos e residências. Na região do Alto Oeste, as cidades que terão a água analisada no Laboratório Central da empresa estadual de saneamento são Água Nova, Almino Afonso, Antônio Martins, Coronel João Pessoa, Doutor Severiano, Encanto, Francisco Dantas, Frutuoso Gomes, Itaú, João Dias, José da Penha, Lucrécia, Luiz Gomes, Marcelino Vieira, Martins, Olho D´água dos Borges, Paraná, Pau dos Ferros, Pilões, Portalegre, Rafael Fernandes, Rafael Godeiro, Riacho da Cruz, Riacho de Santana, Rodolfo Fernandes, São Francisco do Oeste, São Miguel, Serrinha dos Pintos, Severiano Melo, Tabuleiro Grande, Tenente Ananias, Umarizal, Venha Ver e Viçosa. As comunidades que terão o líquido examinado na sede da Caern são as Vilas Merejo (Doutor Severiano), Caiçara (Paraná), Serrinha do Canto (Serrinha dos Pintos), Vila da Mata (Tenente Ananias) e Santo Antônio (Severiano Melo).

Ederson explica que nesta época do ano, quando a temperatura se eleva, pode haver alguma alteração em padrões como turbidez, em virtude da maior incidência de calor. "Neste período o clima está mais seco e já parou de chover e alguns padrões podem sofrer algum tipo de alteração o que está dentro do previsto", observa o biólogo. Ele destaca, porém, que a Caern adota todos os cuidados necessários para que a água mantenha-se própria para consumo, atendendo ao que determina a legislação ambiental
Fonte: Caern


TAG

0 Você estar em: “Caern analisa água distribuída em cidades da região Alto Oeste