PLANTÃO DE NOTÍCIA
Search



Imagine que todos os jornais deixados lixo diariamente poderiam ser transformados em combustível. Já pensou que bacana? Pois bem, uma equipe da Universidade de Tulane, em Nova Orleans, EUA, encontrou uma bactéria que consegue converter celulose em butanol, um combustível que pode ser usado em vez da gasolina sem que seja necessário adaptar o motor.

A grande vantagem da bactéria TU-103 (encontrada em excrementos de animais) é que ela consegue transformar a celulose (fibra de que é composto o papel) em butanol na presença de oxigênio, enquanto outras bactérias com as capacidades semelhantes só conseguiam a transformação num ambiente sem oxigênio, o que aumentava drasticamente os custos. 

O butanol também apresenta benefícios como combustível em relação ao etanol – normalmente produzido a partir da cana ou do milho –, porque além de se adaptar mais facilmente a qualquer tipo de motor, o material é menos corrosivo do que o concorrente e apresenta um rendimento energético maior.


TAG

0 Você estar em: “