PLANTÃO DE NOTÍCIA
Search

RN pode ganhar três novos municípios

Os distritos de Soledade, em Apodi, São Geraldo, em Caraúbas, e a agrovila Maísa, em Mossoró, lutam para serem os novos municípios do Rio Grande do Norte. Na última quarta-feira, 3, um dos coordenadores do movimento emancipalista de Soledade, Adailton Targino, participou, em Brasília (DF), da criação da frente parlamentar em prol da criação dos novos municípios e voltou satisfeito. A luta pela divisão do município de Apodi começou há pouco mais de quatro anos, mas é esperado pela população desde 1998, quando foi aprovada a criação da área distrital.
O novo município abocanhará toda a chapada do Apodi, criando limites com os vales do Apodi (cidade-mãe) e Jaguaribe (CE), com o município de Governador Dix-sept Rosado. Além disso, ficaria com os principais potenciais econômicos do atual território. É na chapada que se concentra toda a produção de petróleo e gás natural, calcário e cal, além do turismo, através do Lajedo de Soledade, segundo maior sítio arqueológico do país.
De acordo com o bancário Vandilson Targino, um dos pontos a favor de Soledade é que a região se transformará numa área especial de interesse turístico, que dispensa, por exemplo, a exigência de parte da infraestrutura cobrada hoje pelo Governo Federal para emancipações.
O empresário Expedito Targino, produtor de cal e dono de uma loja de material de construções em Soledade, está confiante que o projeto saia do papel. Ele acredita que o potencial da nova cidade será suficiente para o seu crescimento.
CARAÚBAS
A criação do município de São Geraldo também deixará seqüelas irreparáveis para Caraúbas. O novo município cortará Caraúbas de ponta a ponta, desde Umarizal até a divisa com Mossoró, engolindo as 18 principais localidades rurais mais importantes, entre elas Apanha-Peixe, Mariana, Santana, além dos assentamentos Santa Agostinho e Ursulina. Com elas, vai junto quase todo o petróleo, o arroz, a produção de palha e cera de carnaúba, a piscicultura, apicultura e muitas outras riquezas.
São Geraldo passou a distrito em 1963, ainda no governo de Aluízio Alves. Desde então, se instalaram vários movimentos pela emancipação, sendo o último em 1993, através da deputada Fátima Bezerra. Há um mês, os professores Wallace Patrick Santos, Elder Morais Farias e o mecânico Glaydson Sales de Menezes voltaram a reunir os papeis necessários para lutar pela separação.
MOSSORÓ
A fazenda Maísa foi desapropriada em 2004 para fins de reforma agrária, assentando mais de 1.500 famílias. O maior projeto de assentamento rural do RN luta para se transformar em distrito e, aproveitando o momento, também virar município. Na extrema do município de Mossoró na divisa com a Maísa, hoje pelo menos 10 mil pessoas se dividem entre as 11 vilas.


TAG

0 Você estar em: “