PLANTÃO DE NOTÍCIA
Search

Aposentados sofrem golpe do empréstimo

Aposentados de Taboleiro Grande, no Alto Oeste potiguar, reclamam ter caído no "golpe do empréstimo consignado". A proposta, oferecida por uma pessoa identificada apenas como "Damiana", era que cada um poderia acessar R$ 15 mil para pagar as parcelas com o 13° salário. No entanto, ao verificar suas contas, os inativos deram conta de que apenas R$ 5 mil tinham sido depositados e, ao invés de parcelas anuais, chegou um boleto mensal.
O aposentado Antônio Casimiro de Souza foi um dos primeiros a perceber o golpe. Quando viu que apenas um terço do prometido tinha entrado em sua conta e recebeu um boleto para pagamento já para este mês, no valor de R$ 163,50, correu para cancelar a operação. O seu filho, que pediu para não ser identificado, foi quem entrou em contato com a pessoa, solicitando o cancelamento do empréstimo. Segundo ele, não houve dificuldade, mas ainda está esperando o contato bancário para devolver o dinheiro que está na conta.
Seu Antônio disse que sua sorte foi ter percebido isso cedo, pois, além dele, sua esposa, Francisca Pereira de Souza, também tinha solicitado o dinheiro. "Ela pediu o cancelamento do empréstimo antes de o dinheiro ser depositado", disse.
De acordo com o funcionário público João Moacir, assim como seu Antônio, muitas pessoas caíram na conversa dos emprestadores e agora estão preocupadas em cancelar as ações para não sofrerem prejuízos financeiros. Alguns dos prejudicados teriam ido ao escritório regional do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), em Pau dos Ferros, perguntar sobre a fraude, mas, chegando lá, ninguém tinha conhecimento desse fato.

Fonte: jornal de fato


TAG

0 Você estar em: “