PLANTÃO DE NOTÍCIA
Search

Reduzir consumo de sal pode não trazer benefícios à saúde

Reduzir o consumo diário de sal pode não ser tão eficaz quanto se pensava para diminuir os riscos de problemas cardíacos ou de morte prematura. Segundo uma revisão de artigos publicada pela organização sem fins lucrativos The Cochrane Collaboration, ingerir menos sal é eficiente apenas para diminuir a pressão sanguínea. O problema, no entanto, é que essa redução seria tão pequena, que não ajudaria a prevenir doenças cardíacas.
Segundo a pesquisa, os testes clínicos que foram conduzidos até hoje sobre os efeitos do sal à saúde não foram grandes o suficiente para provar que os resultados encontrados sejam verdadeiros. Na revisão atual foram analisados sete estudos com 6.489 voluntários ao todo. Mas, de acordo com a Cochrane, seriam necessários dados de, no mínimo, 18.000 participantes para resultados mais conclusivos sobre os benefícios à saúde. Espera-se, então, que novos testes de grande porte comecem em breve.
“Com os governos estabelecendo políticas com metas de consumo baixo de sal, e as empresas de alimento reduzindo a substância, é realmente importante que testes de grande porte sejam feitos para atestar os benefícios de se comer menos sal”, diz Rod Taylor, da Universidade de Exeter, na Inglaterra, e coordenador do estudo.
Polêmica - A revisão feita pela Cochrane gerou polêmica entre os especialistas em nutrição. Para Francesco Cappuccio, coordenador do centro de nutrição da Universidade da Warwick da Organização Mundial da Saúde, o trabalho não analisou devidamente os dados. “Esse estudo não muda as prioridades de redução de sal em todo o mundo para prevenir ataques cardíacos e derrames”, diz. De acordo com Simon Capewell, professor de epidemiologia clínica da Universidade de Liverpool, a pesquisa foi decepcionante e inconclusiva, além de não alterar em nada as políticas de saúde pública.
A redução do consumo de sal é indicada oficialmente em diversos países desenvolvidos. No Brasil, o Guia Alimentar para a População Brasileira, do Ministério da Saúde, orienta que o consumo diário de sal deve ser de, no máximo, cinco gramas (uma colher rasa de chá).


TAG

0 Você estar em: “Reduzir consumo de sal pode não trazer benefícios à saúde